Novo mundo

Hiii people!

Enquanto não compro o meu notebook, vou pedindo emprestado para contar as novidades. Tenho um problema com os acentos desses notebooks, assim como o meu problema em não gravar a direção que preciso seguir no metro (poooo, alguem me da uma aula de pontuação nesses notes??? que nervoso escrever tudo errado!! arg).

Ja falei um pouquinho no post abaixo sobre a minha chegada aqui em Toronto e toda a maratona da viagem. A Escola, ILSC, é sensacioal! Fica na University Ave, uma das ruas mais movimentadas de Toronto, bem pertinho do Eaton Center, um shopping gigante onde você encontra de tudo!! Pela manhã os estudantes podem optar pelo programa de Business ou de Humanidades, que inclui aulas de Jornalismo. Óbvio, escolhi a segunda opção. A tarde, apos fazer um teste de nivelamento, você escolhe as outras matérias (gramática, vocabulário, listening). Meu curso é intensivo, tenho aula das 9h as 16h.

Cada classe pode ter no máximo 15 alunos, então você acaba interagindo bastante com os colegas. Engraçado olhar ao redor e perceber que você está sentado ao lado de uma coreana, um venezuelano, um francês, uma japonesa, e um árabe. Como ja disse, brasileiros, asiaticos e arabes dominam a ILSC. Ou melhor, dominam Toronto.

Achei os torontonianos (e assim que se chama quem mora aqui?rsrs) bastante amigaveis, ainda que tenham me falado que os “french canadians”, moradores da parte francesa do pais são mais simpáticos. Tive a sorte de encontrar pessoas dispostas a me ajudar nesses primeiros dias. Engraçado é que, bem diferente do Brasil, os homens canadenses nao costumam te ajudar com segundas intenções. Tive problemas em entender como conseguia pagar o metro (nao e metro de tamanho, mas de transporte, ok? rs) entao um homem veio correndo e pagou os 3 dolares sem nem olhar na minha cara. Também tive problemas ao pagar o onibus, pq nao me avisaram que eles nao dao troco. Voce precisa entregar os 3 dolares trocados. Uma senhora viu o meu desespero e tambem me ajudou.

Esse tipo de situacao e bastante comum quando a gente vai para um pais completamente diferente do nosso. Com o tempo as coisas vao melhorando e voce comeca a ajudar quem vem de fora e enfrenta o mesmo problema que voce enfrentou….

Enfim, jaja eu aprendo tudo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s