Piscinas públicas em Toronto

A estação mais gostosa do ano está quase acabando e eu já estou começando a tirar os casaquinhos mais leves do armário. Mas como ainda temos alguns dias de sol, vamos aproveitar enquanto o outono não chega!
Por incrível que pareça, hoje foi a primeira vez que fui a uma piscina pública aqui em Toronto e adorei! Exceto pelo fato de não ter cadeiras e a gente ter que sentar no chão, os clubes são super organizados e, ao contrário do Brasil, aqui ninguém tem frescura com o que é público, todo mundo frequenta! E todo mundo cuida…
Eu sei que já estou meio atrasada para dar esta dica, mas como os posts ficam aqui para sempre, pode ajudar quem pretende vir no próximo verão. Antes tarde do que nunca, né?
A cidade oferece 58 piscinas ao ar livre espalhadas nos principais bairros da cidade. A lista completa você pode coferir aqui.
Elas estão abertas desde o final de junho, início do verão, e serão fechadas em duas semanas, no dia 2 de setembro. Portanto, ainda tenho dois finais de semana para aproveitar.
Você não paga nada para frequentar mas precisa seguir algumas regrinhas: não entrar com bolsas no deck (nos vestiários ficam uns armários que funcionam com uma moeda de $0,25); não levar comidas e nem bebidas alcóolicas; não é permitido fotografar dentro dos clubes; crianças usam uma pulseirinha de identificação e só podem entrar na piscina acompanhadas pelos pais.

20120819-220428.jpg
Um minuto antes de descobrir que não podemos fotografar

Fiquei impressionada com o número de salva-vidas. Eram por volta de dez em um clube relativamente pequeno, com 4 piscinas.
A diversão da criançada é garantida, já que a maioria oferece toboágua e trampolim! E sabe o que é melhor? Existem mais de 100 piscinas infantis nos parques de Toronto.

20120819-221226.jpg

Caso você queira curtir a praia que fica no bairro de Woodbine, tem uma piscina em frente e bem próximo um restaurante e uma lanchonete. Esta é maior do que a que fui hoje, mas fica mais cheia por ser em
frente à praia.
Aqui não existe o preconceito em frequentar estes locais. Lembro que quando estava na homestay a minha host mother me contou sobre as piscinas e me disse que uma das estudantes que tinha morado com eles antes e que era de outro país da América do Sul falou que “não frequentaria, pois no país dela isso era coisa de gente que não tinha dinheiro” e a minha host mother ficou super assustada com a resposta da garota. Gente, nunca façam isso, pelo amor de Deus!
Quando a gente faz intercâmbio precisa deixar fora da mala todos os preconceitos. Estamos em um país multicultural, onde brancos, pardos, amarelos, negros, todas as raças convivem juntas sem diferenças.
E ainda que seja difícil quebrar algumas barreiras, guarde só para você esse tipo de pensamento, porquê pior do que pensar desse jeito é ter a oportunidade de mudar e ainda assim continuar sendo o mesmo.

E vamos aproveitar todos os minutinhos do intercâmbio, explorar o desconhecido, descobrir o que o País guarda para nós, viver coisas novas…Pois não conheço ninguém que não morra de saudades quando ele acaba!

=)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s