Eu só queria aprender a plantar bananeira

20140805-202358-73438059.jpg

Eu tenho lá as minhas frustrações. E não me envergonho em dizer que uma das coisas que mais queria aprender na vida era plantar bananeira. Mas a minha última (e única) tentativa resultou em um pescoço quase quebrado e uma crise de risos da minha amiga que empurrava as minhas pernas contra a parede como se elas pesassem meia tonelada. Tudo durou apenas 5 segundos, mas eu fiquei tão frustrada que desisti de tentar novamente.
Nunca soube jogar nenhum esporte que envolvesse bola. Pois é. Fiquei com trauma após levar uma bolada na cabeça que resultou na minha coxinha de frango com catupiry esmagada no chão. Foi no intervalo da escola. Ou melhor, na hora da “merenda” como a gente diz lá na Bahia.
Também não sei pular corda. Passei quase dois anos tendo aulas de boxe e fugia para ir ao banheiro sempre que o aquecimento com cordas começava. Mas eu saía correndo e voltava correndo mais rápido ainda só pra dizer que já tava aquecendo. Fiz isso centenas de vezes!
Há alguns meses eu me matriculei no Muay Thai… E a maldita corda voltou a me assombrar. Só que agora eu não fujo de jeito algum! Dou uns pulos meio ridículos, pareço o Saci Pererê, mas encaro ela de frente. E tô progredindo, viu?
Vocês deviam ver a minha animação durante as aulas. Quando o professor pede pra gente pegar as cordas passa um filme na minha cabeça. Eu sempre penso que de alguma forma eu vou fazer direitinho igual a ele… Super veloz, trocando de pernas, pulando cheio de estilo. Mas ai eu descubro que continuo no pulinho básico, perninha juntinho da outra, um pulinho a cada 5 segundos enquanto eles já deram 3. Mas eu tô tentando.
Não tenho a menor noção de direção. Isso é muito sério. E vou logo deixar um recado pros poucos amigos que não sabem disso. Não me digam que o lugar fica ao sul da esquina noroeste perto do lado leste. Eu vou parar no lado oposto. Sou do tipo que abre o Google Maps e ando de um lado pro outro pra ver a bolinha mexendo e saber se tô na direção correta. O meu namorado me deixa sair primeiro do elevador do prédio dele porque ele sabe que vou pausar por 5 segundos antes de escolher a direção que devo seguir. É a diversão dele.
A lista não é pequena e inclui não saber lidar com abridores de lata (ok, eu sou canhota), morrer de medo de altura e ser péssima com qualquer coisa que envolva fios, cabos, plugs, configurações e afins.
Mas eu tô escrevendo sobre as minhas frustrações porque são coisas que eu realmente gostaria de saber fazer, ainda que pareçam bobas ou sem utilidade alguma. E por mais que eu saiba que não vou virar ginasta de um dia pro outro e jogar as pernas pro ar como se fossem dois gravetos ou que não vou jogar futebol profissional, muito menos vôlei ou basquete (esses dois últimos acho que nem de brincadeira, devido à minha altura), eu tenho me esforçado para perder muitos dos meus medos e a desafiar a minha ignorância. Ainda preciso de ajuda para abrir latas e posso ficar dias sem assistir TV se ela tiver desinstalada. Mas eu não tenho vergonha de pedir ajuda aos meus amigos. Não tenho vergonha de dizer que não sei e jamais vou fingir ser boa em algo se eu nem de longe sei como funciona ou como se faz.
Tenho visto tanta gente por ai que não consegue se livrar de frustrações porque passa a vida inteira com vergonha de assumir que não sabe fazer algo.
Eu fugi para o banheiro muitas vezes durante as aulas de boxe porque tinha medo de parecer ridícula pulando corda. Mas aprendi a pedir ajuda e a persistir até melhorar.
E entre muitas capacidades inerentes que eu possuo, pois eu não sou feita só de defeitos, uma das que mais ponho em prática é a capacidade de rir de mim mesma quando percebo que posso parecer ridícula. Eu rio em alto e bom som, até a barriga doer de tanto gargalhar.
Mas continuo sonhando com o dia em que vou perder o medo de quebrar o pescoço e finalmente conseguir fazer uma daquelas poses clássicas de quem sabe direitinho plantar bananeira.

Anúncios

Um comentário sobre “Eu só queria aprender a plantar bananeira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s