Ano Novo em Chicago

Oi gente!!

Queria ter feito esse post bem no comecinho do ano, mas cheguei de viagem um dia antes das aulas recomeçarem e acabei adiando. No final do ano passado, o meu namorado Nik e eu decidimos passar o Réveillon em Chicago, a cidade mais populosa do estado de Illinois , nos Estados Unidos. Ficamos lá por quase uma semana e me apaixonei.
Escolhemos Chicago por diversos motivos. Não tínhamos muitos dias de férias, já que fomos passar o Natal com os pais dele em North Bay (cidade com pouco mais de 50 mil habitantes e que fica a uns 330 km ao norte de Toronto); queríamos um lugar próximo (são menos de duas horas de voo ou 8/9 horas de carro) e sem a necessidade de muito planejamento; o meu visto venceu e eu tinha acabado de entrar em processo de renovação, mas o mesmo não seria concluído a tempo (quando isso acontece você pode visitar SOMENTE os EUA e St. Pierre and Miquelon, e retornar para o Canadá se tiver study ou/e work permit e o passaporte válido com o visto americano, claro). Muita gente não sabe disso, mas é verdade. Para quem quiser se informar, é só clicar aqui.
Decidimos tudo muito rápido. O Nik achou um hotel no centro de Chicago com um preço muito bom e bem próximo a maioria dos pontos turísticos. Apesar de antigo, o Allerton Hotel não deixa nada a desejar. Fica na Michigan Avenue, a mais movimentada da cidade, onde estão as lojas de grifes famosas e os melhores shoppings.

Chicago é uma cidade linda!

2015/01/img_0139.jpg
O rio Chicago que tem 251km e se junta a diversos canais, atravessa toda a metrópole e deixa o cenário ainda mais bonito.

Não é a toa que a cidade é conhecida como a “windy city” ou “a cidade dos ventos”. No nosso primeiro dia estava bastante frio. A temperatura variava entre -10 e 2 graus, mas a sensação térmica por conta do vento faz parecer que está ainda mais frio. E venta mesmo, viu? Hahaha
O contraste entre os prédios super modernos e as construções antigas é um dos diferenciais da cidade.

2015/01/img_9859.jpg
Na nossa primeira noite estávamos famintos e queríamos comer algo rápido e próximo ao hotel. Nos indicaram o Chefs Burger Bistro e eu que não sou de comer hambúrguer com frequência acabei chutando o balde e provando a MARAVILHA que eles servem!! Bom demais! Super indico.

2015/01/img_9635.jpg
A foto não é das melhores já que a fome gritava. Mas é daqueles suculentos, sabe?

No segundo dia visitamos o famoso Millenium Park e decidimos caminhar do hotel até lá. Por sinal, o sistema público de transporte funciona muito bem em Chicago. Não é difícil andar de metrô e o preço é $3 por trecho. Você compra a passagem em máquinas na própria estação, mas elas não dão troco.

2015/01/img_9682.jpg

2015/01/img_9684.jpg

2015/01/img_9712-0.jpg

2015/01/img_9685-0.jpg

2015/01/img_9710.jpg

2015/01/img_9697.jpg
Decidimos comprar o City Pass que custa $94 e dá direito a 5 atrações diferentes. Vale muito a pena, já que o valor médio de cada atração é $40.
Escolhemos visitar o Art Institute of Chicago, que em 2014 foi eleito o Museu número 1 do mundo pelo Trip Advisor. E o local é mesmo incrível!

2015/01/img_9719.jpg

2015/01/img_9723-0.jpg

2015/01/img_9725-0.jpg

Uma amiga do Nik havia nos indicado o restaurante Yolk , o café da manhã mais famoso da cidade. Fomos conferir e voltamos lá quase todos os dias! A fila geralmente é grande, mas o serviço é excelente e a espera é válida. Saímos da “dieta” durante a viagem. Mas, ainda assim, eu tentei fazer escolhas saudáveis.

2015/01/img_0095.jpg

2015/01/img_0092.jpg
No terceiro dia visitamos o famoso Skydeck (sim, aquele que tem um piso de vidro que trincou há um tempo haha). Foi ai que eu realmente percebi que vale MUITO a pena comprar o City Pass, pois ele da direito à fast line e você não precisa esperar horas nas filas gigantescas.
Morro de medo de altura, mas a vista é muito linda!

2015/01/img_9763.jpg

2015/01/img_9761.jpg
O Chicago Theatre é um dos pontos “fotogênicos” da cidade. Com seus letreiros super coloridos, lembra um pouco os teatros da Broadway em NY.

2015/01/img_9863.jpg

2015/01/img_9644.png
Caminhamos bastante à noite também. E desbravamos a cidade de uma ponta a outra!

2015/01/img_0021.jpg

2015/01/img_0167.jpg

2015/01/img_9986.jpg
Sabe a felicidade de uma criança ao abrir presentes? Essa era eu quando descobri que existe uma franquia da Magnolia Bakery em Chicago! Gente, eu sou A-P-A-I-X-O-N-A-D-A pela red velvet cheesecake e pelo banana pudding. Só em lembrar me dá água na boca.

2015/01/img_0002.jpg

2015/01/img_9993.jpg
Quando planejamos a viagem não tínhamos programado nada para a noite de Ano Novo. Queríamos sair para jantar, tomar um vinho e nada mais. Porém, o Nik sabe que eu adoro uma festa e pouco dias antes de embarcarmos ele me surpreendeu com tickets para uma das melhores (e acho que a mais famosa) festa de Réveillon em Chicago, que acontece no Navy Pier, na beira do lago, com uma vista incrível para a queima de fogos. A festa foi muuuito boa! Recomendo se você estiver indo no mesmo período que fomos. E o melhor de tudo: era OPEN BAR! Comidas e bebidas à vontade. Pra ser bem sincera, ainda não tenho maturidade para festas desse tipo hahaha.

2015/01/img_9834.jpg

2015/01/img_9835.jpg

2015/01/img_0364.png

2015/01/img_9819.jpg
Apesar da ressaca, depois de um café da manhã reforçado, partimos para o Field Museum que foi uma das minhas atrações preferidas. Para quem estiver na cidade acompanhado por crianças, não deixe de ir. Eu amei! É bem parecido com o Museu de História Natural em NY, com fósseis gigantes, com bastante foco na história das civilizações e muita ciência.

2015/01/img_9869.jpg

2015/01/img_9900.jpg

2015/01/img_0370.png

2015/01/img_9882.jpg

2015/01/img_9872.jpg
Reserve uma média de 3 horas se você quiser ver todas as exposições. Não deixe de assistir aos filmes (+/- 20min) em 4D, especialmente os que contam a história dos dinossauros expostos no local.
Se a temperatura estiver agradável, vale a pena voltar para o centro da cidade a pé. Caminhe pela orla, à beira do lago e, veja a cidade por um ângulo diferente. Tente pegar o pôr do sol durante o trajeto. A vista é linda demais!

2015/01/img_0144.jpg

2015/01/img_0081.jpg

2015/01/img_0373-0.jpg
Pegamos um pouco de neve no penúltimo dia de viagem. Mas, como já estamos super acostumados, não afetou em nada os nossos planos. Outra atração que visitamos foi o Shedd Aquarium, que por muitos anos foi considerado o maior aquário indoor do mundo. Fica bem ao lado do Field Museum, mas como estávamos exaustos no dia anterior, reservamos o dia seguinte para o aquário.
Um dos pontos altos é a apresentação dos golfinhos, leões-marinhos e baleias-brancas. Não achei o show tãaaao emocionte porque gostei muito mais do Seaworld. Mas o parque é, sem dúvida alguma, cheio de atraçōes bacanas.

2015/01/img_9947.jpg

2015/01/img_9956.jpg
Bom, eu poderia escrever outras dez dicas aqui, mas o post já está bem longo e cansativo. Deixamos o 360 Observatório por último, pois já havíamos visto a cidade de cima no Skydeck e queríamos ir ao Signature Room para drinks e jantar, ao invés de fazermos o tour no observatório. No final, estava nevando muito e o céu estava muito nublado. Desistimos do jantar e subimos apenas para “gastar” o ingresso que já tínhamos. Dica: caso suba, compre o passe de $7 para Tilt, uma atração que parece meio boba mas que me deixou morrendo de medo! Você se posiciona em uma cabine de vidro e eles te inclinam. Eu olhei pra baixo por dois segundos e achei que fosse ter um ataque do coração (óbvio que, para aqueles que não tem medo, pode ser bem bobinho).
Antes de voltarmos para Toronto, reservamos a manhã para irmos às compras. Apesar do valor alto do dólar americano, algumas lojas tinham promoçōes irresistíveis. Coisa que os Estados Unidos sabem fazer como ninguém: promoção! Hahaha
O meu clique de despedida… Chicago com neve e um pouco de chuva, mas ainda assim linda!

2015/01/img_0173.jpg
Dicas:
– O restaurante Cantina Laredo tem longas filas de espera, mas vale suuuuper a pena. Comida Mexicana deliciosa e um ambiente bem agradável.
– Não sou muito fã de carne, mas Chicago tem as melhores steak houses e o Nik fez questão que fôssemos em uma antes de voltarmos pra casa. A Morton’s cumpre direitinho o seu título de “uma das melhores steak houses de Chicago”. Para quem ama um bom corte e para quem não pede “bem-passado” que nem eu, vale a pena a visita.
– Chicago também é a cidade das “deep dish pizzas” e, infelizmente eu acabei não provando para contar aqui a minha experiência. Mas tinha anotado os lugares mais indicados para comer a iguaria e vou deixar aqui: Burt’s Place, My Pie e Bacino’s. Se alguém for em um desses, me conta aqui o que achou. Ok? 🙂

Vou ficando por aqui, morrendo de saudade de Chicago…
Beijo,

Aritta

Anúncios

6 comentários sobre “Ano Novo em Chicago

  1. Renata

    Gostei muito do seu post. Estou com planos de passar o ano novo em chicago no navy píer e estou com dúvida em relação a roupa. Poderia me dar dicas?

    1. Oi Renata! O Ano Novo no Navy Pier é bem arrumadinho! Haha claro que vc vê pessoas mais simples, mas a maioria estava bem elegante no ano passado!
      Chicago faz bastante frio nessa época do ano, então não esqueça de levar roupa apropriada. Outra dica é chegar cedo na festa e sair um pouco mais cedo…. Foi um trabalhão achar táxi na volta e quase tive um troço de ter q caminhar de salto alto por um tempão e num frio tremendo! Hahaha
      Mas se vc sair um pouco antes da festa, n vai ter esse problema!
      Divirta-se!
      Beijo

  2. Tomazini

    Eu e meu marido vamos a primeira vez a Chicago e confesso que suas dicas foram demais… Chegaremos dia 24/12 e ficaremos até 02/01/17… Ficaremos no Sheraton ė próximo dos principais pontos turísticos ? A festa do réveillon compramos antecipadamente ? Se sim, onde ? O city pass compramos em QQ local ?
    Aguardo dicas para esses dias… Dia 24/12 o que indica em fazermos a noite ?
    Obrigada desde já.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s