Fazer um College no Canadá

IMG_1353
Algumas pessoas me pediram para contar como é a experiência de estudar em um College aqui em Toronto e, como prometido, vamos lá! 🙂
Eu me formei em 2009 em Jornalismo no Brasil e em seguida fiz um ano de Pós Graduação em Comunicação Política. Fazer um College (instituição de ensino menor, equivalente a uma faculdade no Brasil) ou Universidade aqui em Toronto a princípio não estava nos meus planos, mas quando decidi que queria mesmo ficar no país, eu já sabia que teria que enfrentar mais alguns anos de estudo, adquirir um diploma e iniciar uma nova carreira.
Eu amo jornalismo, mas acabei perdendo um pouco do encanto pela profissão. Não me via trabalhando aqui como jornalista e sempre soube que a minha segunda opção de curso seria Marketing.
Meu primeiro passo foi pesquisar as opções de Colleges em Toronto e ver qual deles oferecia um curso que atendesse aos meus critérios. Também conversei com amigos que estudam/estudaram aqui para saber a avaliação deles.
Visitei o George Brown College e conheci a Simone, brasileira que trabalha no departamento que cuida dos estudantes internacionais e ela tirou todas as minhas dúvidas. Foi ela quem explicou como funcionava a questão do work permit e eu acabei optando pelo curso de diploma em Business – Marketing com a duração de dois anos e que me dá o direito de 3 anos de post graduation work permit.
Funciona da seguinte forma: enquanto você está estudando, você tem o direito de trabalhar até 20h semanais durante o período de aulas e 40h semanais nas férias. O meu chefe foi bem flexível e acabou me liberando para pegar algumas horinhas a mais. Isso vai depender do seu trabalho. Você pode escolher um trabalho in campus ou off campus. Depois que você terminar o curso, você terá direito a um Post Graduation Work Permit (PGWPP). Cursos com duração menor do que oito meses não dão direito ao benefício; cursos com duração de 8 meses ou 1 ano te dão direito a trabalhar pelo mesmo período após o final do curso; cursos com a duração de dois anos ou mais te dão direito a 3 anos de PGWPP. Após me formar e trabalhar em tempo integral por um ano, eu já vou poder aplicar para o PR (Permanent Resident) através do Canadian Experience Class.
Depois de decidir pelo George Brown, o segundo passo foi me inscrever online no curso. As aulas iniciam em três períodos diferentes: janeiro, maio e setembro. E vale lembrar que para quem não escolhe cursos de verão, as férias começam na metade de abril e terminam no final de agosto. No final do ano, o recesso é de mais ou menos vinte dias.
Ao contrário do Brasil, em que estudamos por semestres, aqui são quatro meses (intensos!) de aulas que podem ocorrer em um turno ou até dois turnos no mesmo dia. Em fevereiro temos uma semana sem aulas que, inclusive, começa hoje! Eba!!!

IMG_1343
Voltando ao processo da matrícula, a taxa cobrada é de CAD$ 65 e você precisa anexar os seguintes comprovantes: cópia do certificado de conclusão do ensino médio ou de uma graduação realizada no Brasil, traduzido por uma instituição ou profissional credenciado; cópia do resultado obtido no IELTS ou TOEFL (a pontuação requirida varia de acordo com o tipo de programa escolhido) ou se você não tiver feito um dos dois testes, algumas instituições oferecem um teste lá mesmo, onde eles avaliam o seu inglês. Eu optei por esse teste e paguei uma taxa de CAD$ 60. O resultado não sai na mesma hora, mas acho que após duas semanas eles me enviaram um e-mail informando que eu havia sido aprovada.
Depois de realizar todos esses passos, você recebe uma carta da instituição comprovando que você foi aceito e essa carta será usada para a aplicação do visto. Por isso, é super importante que você se organize para fazer tudo com antecedência.
O meu visto foi aplicado em 30 de maio de 2014 e uma semana depois eu recebi o study permit e o work permit em casa.
Com o visto em mãos, você precisa estar atento aos prazos para pagamento do curso, que pode ser feito integral ou em duas vezes.
O valor é alto… em média 15 mil dólares por ano, fora os livros que são super caros. Mas, acredito que o retorno compensa.
Comecei o curso em setembro do ano passado e peguei 6 matérias. O começo, não vou mentir, foi bem difícil. Eu não queria diminuir a minha carga-horária no trabalho pois as despesas só iriam aumentar. Nas primeiras semanas eu entrei em desespero. Trabalhava 35 horas semanais e tinha aula todos os dias. Achei que fosse possível manter a minha rotina, já que no Brasil eu havia trabalhado e estudado. Porém, aqui a quantidade de trabalhos ou assignments é enorme! Ou seja: você precisa se dedicar. Não é difícil, ao contrário do que muitos pensam. É cansativo e exige muita dedicação.

IMG_1342
Como o meu investimento está sendo alto, passei a me cobrar muito. Comecei o curso com o objetivo de me formar com as maiores notas possíveis e organizei uma rotina de estudos com o Nik, o meu namorado que me ajuda muito, principalmente com matemática e contabilidade. Não sou competitiva, mas sou perfeccionista e fico muito mal quando tiro uma nota ruim.
Precisei diminuir as horas no trabalho para dar conta do College. Hoje trabalho uma média de 25h/semana e tenho 7 matérias com aulas de segunda a sexta, sem dia livre. Nos dias em que tenho aula no período da tarde, trabalho das 5 ou 6am às 10/11:30am e sigo direto pro College que fica bem pertinho do trabalho. Quando tenho aula pela manhã, estudo das 8am às 11am e trabalho uma média de 5 horas entre meio dia e 8pm.

IMG_7918
Levei alguns meses para conseguir me adaptar à nova rotina, que também inclui academia, namorar e sair com as amigas. Hoje em dia, apesar de ainda me cobrar bastante, não fico tão mal emocionalmente se não vou muito bem numa prova. Mas eu não me acomodo. Ao invés de aceitar a nota ruim e pensar “Ah, eu só preciso do suficiente pra passar”, eu dedico o dobro de horas e foco no meu objetivo de terminar com no mínimo 8 na média final. A Gabi, minha amiga brasileira que fez o mesmo curso que eu e hoje trabalha no RBC, o maior banco do Canadá, sofre com as minhas intermináveis mensagens desesperadas antes de um teste, trabalho ou quando me dou mal em algo e digo que vou desistir.
Eu tenho me esforçado como nunca me esforcei antes, mas tenho a sorte de estar com alguém que disponibiliza todo o tempo livre dele pra estudar comigo e por ter amigas que vibram quando compartilho com elas a minha evolução e me colocam pra cima quando fico meio desanimada. Obrigada, amores!
Quando me perguntam se vale a pena fazer um College aqui eu pergunto de volta: qual é seu objetivo?
Se você quer apenas ter um diploma de uma instituição internacional, lembre-se que o investimento é muito alto e o custo de vida também. Mas o aprendizado é enorme.
Se você, assim como eu, pretende ficar no Canadá, conseguir um bom emprego e iniciar a sua carreira por aqui, o caminho não será fácil, afinal a concorrência é alta. Em entrevistas de emprego, a maioria das empresas avalia o seu desempenho no College ou Universidade. Então, vale a pena se esforçar e dar o melhor de você.

Outros colleges em Toronto:

Humber
Seneca
Centennial College
Sheridan College

P.s: Postei o texto no blog ontem e hoje recebi a cartinha da George Brown me parabenizando por ter entrado na “Dean’s Honour List” no meu primeiro semestre. A lista consiste num reconhecimento aos alunos que obtiveram a média final igual ou superior a 3.5 de um total de 4. É muito comum na América do Norte e sempre mencionada pelos estudantes quando participam de entrevistas de emprego. Eu passei com 3.65 e fiquei super feliz em ver o meu esforço sendo reconhecido.

🙂

Anúncios

54 comentários sobre “Fazer um College no Canadá

  1. Fred

    com o pgwp em mãos, vc poderá arrumar trabalho legal e full time. Um ano trabalhando legalmente fulltime já te habilita para o canadian experience class. Para quem quer imigrar e tem uma grana sobrando, vale muito.

      1. Oi Aritta, meu nome é Luciene, poderia me informar se o college pediu para você, eles pedem a validação do certificado, diploma do curso superior? e como funciona as ferias é uma curiosidade que tenho

      2. Oi Lucy! Eles pedem pra você traduzir com alguém que tenha a certificação em tradução! Eu fiz do diploma e do histórico escolar.
        Temos duas férias: em dezembro por uns vinte dias (período um pouco antes do natal e logo após réveillon) e as férias do verão (caso vc não faça curso de verão) que começam em abril e terminam no começo de setembro!

        🙂

  2. Ricardo

    Sua garra é inspiradora! Parabéns!!! Eu e minha esposa estamos nos planejando para ir em janeiro ou setembro de 2016! Ela irá cursar “Child and Youth Worker” em Humber! Queria saber como foi o teste de inglês aplicado pelo College, tipo, você já estava no Canadá ou fez aqui no Brasil? Abraço

    1. Obrigada, Ricardo! Quando a gente tá feliz, nem parece que o esforço ta sendo tão grande, né? Então, eu fiz a prova no próprio College, porém, acredito que haja uma opção para quem está no Brasil. Talvez seja só o Ielts ou Toefl. A maioria dos sites dessas escolas tem uma aba “International” que explica o passo a passo. 🙂

  3. Isa

    Oi, Aritta! Obrigada por compartilhar essas informações, eu fui uma das que pediu para você esse post =)
    Te desejo muito sucesso nessa caminhada!

    Só uma dúvida: o CEC agora faz parte do Express Entry, né? Então não só basta trabalhar 1 ano mais, é preciso ter uma job offer para somar os pontos necessários. Foi o que eu entendi…

    Beijo

  4. Primeiramente obrigado pelo show de informações que você coloca aqui! Tenho projetado meu plano de emigrar para o canadá há alguns anos, e agora estou no ano “final” (pretendo começar meu college em jan 15′)
    Depois disso, parabéns pela dedicação. Certamente são pessoas como você que o Canadá procura, e não qualquer um diplomado por aí!
    Agora…Me surgiu uma duvida. Voce fala em 2 anos de college e 3 de PGWPP. Eu tinha lido sobre ter o mesmo tempo de college p/ pgwpp. Você saberia me confirmar isso?

    No mais, keep on going!
    Abraços!

    1. Oiii Alexandre!
      Obrigada pela visita! E pelos elogios… 🙂
      Então, como expliquei no post, quando se estuda por um período menor do que 8 meses você não tem direito ao post graduation work permit. Entre 8 meses e 1 ano (ou um ano e meio, apesar de não ter certeza se existe curso com essa duração) o benefício terá a mesma duração do seu curso. Cursos com duração de dois anos ou mais dão direito a 3 anos de PGWPP.
      🙂

      1. Sim! Agora moro bem no centro, mas morei quase dois anos em um bairro mais afastado e não tinha problema algum. 🙂 O sistema público de transporte funciona direitinho!
        🙂

  5. Monique

    Oi, Aritta! Parabéns pelo blog. Achei hoje e já li muuuita coisa. Você se importaria de passar o contato da Simone da George Brown? Meu marido vai fazer college ano que vem e seria ótimo fazer contato com ela.

    Abraços e parabéns!

  6. Thais

    Muito legal você compartilhar sua experiência! Estou procurando uns relatos assim para me dar coragem! haha
    Estou planejando ir ano que vem mas estou com dois medos enormes: não fazer amizades e não dar conta do college (vi tanta gente falando que é super dificil e tal).
    Enfim.. de qualquer forma vou criar coragem e dar a cara a tapa! Pelo menos meu segundo medo eu posso resolver com dedicação! haha
    Beijo

  7. Pingback: Como Planejar um Intercâmbio | Moqueca Canadense

  8. analuizalisboa

    Aritta,

    Você acha que ir para o Canadá com o dinheiro para os 2 anos de College + 1 ano de despesas um plano viável? Será que eu conseguiria me manter de boa no segundo ano? Pelo seu post acredito que sim, mas pelo seu post percebi que você já estava no Canada e já tinha emprego, então é uma situação um pouco diferente de ter que procurar job enquanto se está estudando. Muito obrigada pelo post e pela atenção.

    Beijos,

    Ana Luiza

    1. Oiii!
      Acho que dá sim! Você tendo o college pago e dinheiro pro aluguel, dá pra pegar um trabalho de meio turno e pagar as contas! E você não precisa começar a trabalhar só no segundo ano. Pode começar a fazer uns bicos desde o início. 🙂
      E conseguir emprego não é difícil. O que não pode é escolher demais e ter frescuras.
      Beijo 🙂

  9. Boa tarde, Aritta!

    Em primeiro lugar, PARABÉNS pela garra e toda a experiência que está compartilhando conosco aqui no Brasil Já sou seu fã de carteirinha e indiquei seu site para várias pessoas que conheço. Muito bom mesmo todo o conteúdo 🙂

    Já morei 6 meses no Canadá (em 2012) e me apaixonei por esse país, por isso, já decidi que meados do ano que vem me mudarei para aí com minha esposa, mas especificamente Vancouver.

    Contudo, estou com uma dúvida que não quer se calar. Por favor, poderia me ajudar?

    Meu objetivo é tentar a residência permanente nos próximos anos, por isso, farei um College para facilitar todo o processo e poder entrar no mercado de trabalho. Eu sei que o “indicado” é fazer um curso de 2 anos, pois assim, ganharei um visto de trabalho de até 3 anos após a conclusão do curso.

    Porém, não achei nenhum curso tão interessante de 2 anos e sim 2 cursos muito legais de 1 ano cada. Caso eu fizer dois Colleges com duração de 1 ano cada, saberia me dizer se meu visto de trabalho seria estendido para dois anos ou mais?

    A propósito, sou formado em Publicidade e Marketing e atuo nessa área há quase 10 anos no Brasil. Você sabe se essa área está “aquecida” em Toronto? Em qual área de Marketing você pretende trabalhar por aí?

    E para finalizar: posso te adicionar no Facebook? ^^

    Desde já agradeço por todo o help!

    Abraços,
    Pedro

    1. Olá Pedro!
      Obrigada pelos elogios e por repassae o blog pros amigos. Fico super feliz!!!
      Bom, eu tenho amigas que fizeram o curso de um ano, mas já estavam aqui há mais um ano ou dois e dai quando terminaram o curso tinham mais ou menos 3 anos por aqui. O que é solicitado pela imigração para que a gente aplique. Conseguir emprego com um ano de curso não é difícil, o problema é mesmo a empresa mantê-lo após o vencimento do seu work permit.
      Como no seu caso você já tá decidido que quer imigrar, não teria como iniciar o processo ai?
      A área de marketing aqui é bem aquecida. Pelas minhas pesquisas há muitas oportunidades.
      Pode me add sim! Procura lá e segue a o blog no face também!

      Abraços!

  10. Eliane

    Olá Aritta!
    Parabéns pelo blog e pelas conquistas aí no Canadá! 😉
    Pretendo imigrar com meu marido e por isso vou estudar e ele trabalhar.
    Estou interessada no curso de Office Administration Medical que tem no George Brown. Vc está gostando de estudar nesse College?
    Quanto tempo vc acha que demora pra conseguir a carta de aceitação tendo o certificado do ielts e todos outros documentos em mãos?
    Vc poderia me passar o contato da Simone para me ajudar no processo?
    Obrigada!

      1. Eliane

        Obrigada Aritta! Vai me ajudar bastante e muito bom saber que vc está gostando desse College.
        Abraços! 🙂

  11. Renata

    Oi, Aritta, tudo bem?
    Estava pensando em fazer o curso de inglês para estrangeiros do George Brown.
    Vc já ouviu comentários? Acha que vale a pena?
    Obrigada.
    bjs,

  12. Melise

    Oi Aritta amei o seu post..Você está sendo uma inspiração para mim!!!

    Gostaria de saber qual é a área em que você está trabalhando aí enquanto cursa o College!

    Bjaooooo

  13. Oi Aritta!
    Conheci seu blog há pouco tempo, pois também tenho planos de ir para o Canadá e estou na fase de pesquisar os colleges. Uma das minhas opções é exatamente o curso que você está fazendo. 🙂
    Tenho uma dúvida, se souber/puder me responder eu fico grata.
    A respeito das oportunidades de trabalho, pesquisei no http://www.jobbank.gc.ca/ vagas relacionadas a Marketing e a maioria delas exige diploma de University. Quais são as oportunidades de trabalho para quem opta pelo College? Você disse que sua amiga conseguiu uma boa vaga, mas essas oportunidades são raras ou é tranquilo conseguir um emprego apenas com o diploma do College?

    Aguardo sua resposta!
    Boa sorte com o curso e parabéns por ter entrado na “Dean’s Honour List”.
    Abraço,
    Loren.

  14. Pedro

    Boa noite, Aritta

    Parabens pelo esforço e pela coragem!!

    Eu terminei o ensino médio e estou me preparando para tentar fazer faculdade nos eua e no canada. Porém, com o dolar como está, estou considerando fazer um college no Canada, com o objetivo de tentar imigrar. Você acha que valeria a pena pra mim, mesmo eu nao tendo uma formaçao superior e nem experiência de trabalho?

    Desde já agradeço

    Abraço

  15. Dalva

    Aritta, sua linda, preciso de ajuda.
    Voce tem o contato da pessoa que fala Portugues e atende aos estudantes estrangeiros na George Brown? Nao encontei nada no site e preciso falar co eles urgentemente.
    grata querida

  16. Tainan DIas

    Oi Aritta!
    Primeiramente, parabéns pelo seu esforço, dedicação e principalmente servir de inspiração para nós que sonhamos com o mesmo.
    Tenho 2 dúvidas:
    1 – Você foi fazer o College com tudo pago já? Ou você foi, por exemplo, com metade pago e o restante você pagou com o $$ do trabalho?
    2 – Desculpa a pergunta e se não quiser responder, não tem problemas, mas quanto você recebe pelo seu trabalho? ou qual a média paga lá?

    Agradeço desde já sua atenção
    E parabéns novamente!!

    1. Olá Tainan!

      Obrigada!
      Não, eu não paguei o college todo de vez, não. Paguei por semestre, que é como eles te cobram aqui. Cada semestre custa uma média de $7 mil dolares.
      Cada trabalho paga diferente. Na Starbucks vc começa ganhando o mínimo que hj tá $11,25 por hora, se não me engano. Fiquei lá por três anos e meio e a cada seis meses vc tem uma reunião com o seu chefe para ver o seu desempenho e receber um aumento. Depois de um ano na Starbucks eu já era supervisora. Lá eu tb ganhava outros benefícios como plano de saúde, shares na empresa e se vc tiver la por mais de um ano eles tb dão uma ajudinha de $500, $700 ou mil dólares pra faculdade. Vai aumentando conforme o tempo de serviço.
      Espero ter ajudado!

      Beijo

  17. Dalva

    Aritta!
    parabens pelo blog. Pode me ajudar?

    Quando vc fez o teste de Ingles na propria George Brown, voce ja estava no Canada Pergunto isto porque disse que recebeu o resultado em casa.

    O teste de ingles foi muito dificil…Inclui todo como Toefl ou o Ielts?
    Vou fazer um curso de um ano e meio, certificado…..e gostaria de saber se o nivel de ingles exigido seria muito alto. Pode me ajudar?
    dalva

    1. Olá Dalva!

      Sim, quando fiz o teste eu já estava morando aqui. Fiz curso de inglês por seis meses e depois só trabalhava na Starbucks (e foi ai que eu aprendi mesmo). O teste eu não achei difícil.. E como nunca fiz o Toefl ou Ielts, não sei comparar… Mas lembro de fazer uma redação, prova de gramática.. Foi bem cansativo!
      Com relação ao seu curso e o nível exigido eu realmente não sei pq o meu curso foi de dois anos… 😦
      Beijo

  18. Dalva

    Querida, outra duvida

    Com o PGWP em maos, preciso trabalhar exatamente na area do meu curso para me habilitar ao PR pelo Canadien Experience Class. ou a experiencia de trabalho canadense para fins de imigraçao pode ser em qulquer area?

    Dalva

  19. Claudio

    VC sabe donde ten o PGWP no Vancouver..? langara ? Capilano? outro?
    Preciso seleccionar dois colleges para estudar business…y poder trabalhar

  20. Olá, Aritta!
    Obrigado por partilhar a sua experiência connosco. Vê-se que entrou mesmo nesta luta para vencer. Espero que consiga alcançar os seus objectivos. Portanto, a minha situação é a seguinte:
    – há já algum tempo que venho reunindo condições para estudar em Toronto e, finalmente pretendo fazê-lo no primeiro trimestre de 2017.
    Portanto, pretendo estudar 8 meses de inglish for academic purposes e depois aplicar para um college (Centennial ou George Brown) para frequentar um post graduate em Marketing Managment , que tem a duração de 1 ano. Mas, vi que, quem for estudar por 1 ano somente terá o PGWP de também 1 ano, isto complicaria um pouco no momento de aplicar para a residência, porque após a experiencia de trabalho que durará 1 ano, aí não estaria mais estudando ou trabalhando.
    Então, pensei na possibilidade de frequentar o Business-Marketing na George Brown, com a duração de 2 anos e que dá direito a um PGWP de 3 anos. O que seria mais em conta na hora de aplicar para a residência. Mas, aí o bolso ficaria extremamente apertado. Porque só teria condições de pagar o curso de inglês de 8 meses e o 1° ano de college, aí não teria como pagar o 2° ano. Então, pensei na possibilidade de conseguir um trabalho logo no princípio do 1° ano e, assim, fazendo poupanças para pagar o 2° ano do college.
    Qual seria o seu conselho para mim?
    Obrigado!

  21. Altino

    Olá, Aritta!
    Obrigado por partilhar a sua experiência connosco. Vê-se que entrou mesmo nesta luta para vencer. Espero que consiga alcançar os seus objectivos. Portanto, a minha situação é a seguinte:

    – Há já algum tempo que venho reunindo condições para estudar em Toronto e, pretendo fazeê-lo a partir do I trimestre de 2017.

    Portanto, pretendo estudar 8 meses de english for academic purposes no Hansa Language Centre ou no Capital English Soluctions Toronto (CESToronto) e no final, aplicar para algum college (Centennial ou George Brown college) para frequentar uma post graduate em Marketing Managment, que tem a duração de 1 ano. Portanto, vi que quem for estudar por 1 ano, somente terá o PGWP de também um ano. Isto complicaria um pouco no momento que fosse aplicar para a residência permanente, porque após a experiência de trabalho que durará 1 ano, ai não estarei mais estudando ou trabalhando.

    Então, pensei na possibilidade de frequentar o Business-Marketing no George Brown college, com a duração de 2 anos e que dá direito a um PGWP de 3 anos, o que seria mais em conta na hora que aplicasse para a residência permanente, mas aí o bolso ficaria extremamente apertado, porque só teria condições de pagar o curso de inglês de 8 meses e o 1°ano no college, aí não teria como pagar o 2° ano no college. Então, pensei na possibilidade de conseguir um trabalho logo no princípio do 1° ano de College, e assim fazendo poupanças para pagar o 2° ano de College.

    qual seria seu conselho para mim?

    Obrigado!

    1. Olá Altino! Desculpa a demora em responder.. Estou visitando a família no Brasil.
      Então, eu optei pelo curso de dois anos justamente por conta do visto de trabalho ser mais longo.
      Custa mais caro, porém, a possibilidade de ajudar com a residência é maior. Quanto a trabalhar no primeiro ano pra economizar e pagar o segundo, não é impossível, mas desde já quero te avisar que a quantidade de trabalhos, projetos, testes é imensa. O nosso visto de estudante permite apenas 20 horas de trabalho por semana, enquanto estivermos estudando. Com o salario de part time você consegue arcar com as despesas, mas acho difícil conseguir economizar…. Eu sugiro que você tenha um plano B, alguma reserva, caso o bolso aperte. Eles te deixam fazer a matrícula com metade das taxas pagas a partir do segundo semestre. Então, eu paguei uns 4 mil e ai fui pagando de pouquinho em pouquinho ao longo do semestre. Mas, isso só é permitido no segundo ou terceiro semestre. No primeiro, você tem que pagar o valor integral pra ter acesso aos cursos e montar a sua grade. Você pode pagar o primeiro ano com as economias e trabalhar com o foco de conseguir ao menos juntar metade do segundo ano pra ter o direito de se matricular e vai pagando aos pouquinhos.

      Abraço!

  22. Mi

    Olá, menina. Obrigada por compartilhar tanta informação valiosa. Você falou no post que “não se via trabalhando na área de jornalismo.” O que aconteceu? O que a desestimulou?

    1. Oii! Eu acabei perdendo a paixão que eu tinha pelo jornalismo por conta da qualidade do que a gente vê por ai… Na verdade eu amo escrever e sempre tive vontade de estudar Marketing também. Como já tenho o blog, dá pra juntar o útil ao agradável: eu escrevo sempre que quiser, sem ter que seguir os padrões e ideologias de algum veículo de comunicação no qual eu não tenha a liberdade de escrever o que quiser… 🙂

      Beijo

  23. Fernanda

    Olá Aritta,
    Seu blog tem me ajudado muito, parabéns e obrigada!
    Estou muito interessada em um curso na GB, e apesar do site deles ser ótimo tenho algumas dúvidas quanto aos Adminission Requirements,

    Para os cursos da linha B- (Bussiness) é obrigatório um teste de admissão ou placement de Inglês e de Matemática? Segundo o site este teste só pode ser feito lá e deve ser feito antes de você sequer fazer a application para uma vaga na GB.

    É isso mesmo? Achei estranho, pq eles parece facilitar todo o processo para os International Students…E isso a meu ver é um complicadorzinho…

    Vc sabe?

    Bjs.,

    1. Oii! Eu fiz o teste na própria escola. Custa menos e foi bem tranquilo. Se eu não me engano, teve gramática, uma redação e um pouco de Matemática… Esse teste vai dizer se vc ta apta pro curso que escolheu. Beijo

  24. marina

    Oie,

    adorei o site. Muito bem feito e as informações muito úteis. Estou nessa odisséia de escolher um college no Canadá (Toronto), mas tenho que escolher do Brasil :(. Coincidentemente tbm quero marketing. Estou muito curiosa para saber das suas experiências na George Brown. Vc se importaria de nos falarmos por e-mail (marinarplima@gmail.com). Estou muito perdida com as informações e falar com vc me ajudaria muit. Bjos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s