Compartilhando experiências

Hoje a tarde participei de um bate-papo com estudantes internacionais da ILSC, escola a qual frequentei nos meus primeiros seis meses aqui em Toronto. 

Eu nunca havia “apresentado” a minha vida dessa forma, conversando com um grupo de pessoas. Confesso que estava um pouco nervosa no início, mas o bate-papo foi tão gostoso que eu me senti super a vontade em compartilhar a minha história com outros estudantes internacionais. 

Bate-papo com estudantes da ILSC

Os estudantes fazem parte de um programa preparatório para quem quer entrar em Colleges e Universidades aqui em Toronto. Então, o propósito da minha visita foi contar como eu me preparei para o College, como tem sido a minha rotina e outros assuntos como o blog, o trabalho e a minha rotina em geral aqui no Canadá. 

One year from now I want to…

Eu cheguei na sala de aula carregando um vaso de vidro, que ficou em cima da mesa durante os 45 minutos em que contei a minha história para os alunos. 

  
Nos quinze minutos finais, expliquei que um pouco antes de decidir fazer um College em Toronto eu estava perdida. A minha irmã veio me visitar e deixou uma cartinha que carrego até hoje na minha carteira. 

Eu nunca fui de fazer listas, mas a carta da minha irmã me fez pensar no que eu gostaria de alcançar nos próximos anos. 

Entreguei a cada um dos alunos um pedaço de papel e pedi que escrevessem o título “Daqui a um ano eu quero ter…” e em seguida os seus planos, metas e sonhos. Expliquei que poderiam escrever qualquer sonho… Mudar de país novamente, encontrar um novo amor, achar um bom trabalho, perder peso, abraçar alguém que não vê há muito tempo, esquecer alguém que o machucou, etc. Pedi para que colocassem o e-mail no final e me comprometi a escrever a cada um deles daqui a um ano para perguntar se aquele sonho conseguiu ser realizado. 

Voltei no metrô lendo cada um dos bilhetes… E me surpreendi com a sinceridade de alguns. Entre os planos mais previsíveis como “achar um bom trabalho”, “conhecer outros países” e “virar fluente em inglês” também se encontravam “abraçar a minha irmã que está com câncer”, “perder o meu medo de fazer amigos” e “terminar um namoro que me faz sofrer”. 

Alguns escreveram frente e verso, perderam a vergonha de desabafar e confiaram a mim os seus medos e sonhos.

Me desculpei pela improvisação e falta de experiência em apresentações do tipo. Ouvi de um dos alunos um “Muito obrigada por vir aqui. É muito bom ouvir a história de alguém que começou da mesma forma que nós”. 

O bate-papo terminou depois de uma hora. E eu sai de lá com uma jarra cheia de sonhos e o coração cheio de felicidade. 
Muito obrigada, ILSC! 

Anúncios

3 comentários sobre “Compartilhando experiências

  1. Mateus Oliveira

    Muito bom, Aritta! Responsabilidade demais carregar esses pote de vidro hahah Com fé em Deus realizarei meu “One year from now I want to..” também! Toronto que me aguarde =]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s