Tem gente que tenta ter controle sobre tudo. Eu sou assim. Durante anos tentei resolver muitos dos meus problemas sem gritar por ajuda. Eu tinha receio ou talvez vergonha de falar: – Não sei o que fazer. Você pode me ajudar?

Nunca tive vergonha em compartilhar os meus problemas com os amigos e familiares. Na verdade, eu tenho muita facilidade em falar sobre eles até com desconhecidos – sempre depois de encontrar uma solução. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

“Você é muito forte”, é o que ouço com frequência desde novinha. E, se não era verdade, canalizei essa frase até me convencer de que sou sim, forte demais.

Porém, essa história toda de ser forte também mexeu um pouco com o meu ego. “Se sou forte, não preciso de ajuda. Eu dou conta. Tenho controle sobre isso”. Só que nem sempre eu tenho. Ninguém tem. Não há como ter.

Já faz um tempo que venho tentando mudar. Ainda seguro o choro quando os problemas são meus, apesar de chorar quando ouço alguém desabafar.

Já me convenci de que pedir ajuda não vai desconstruir a minha imagem de forte – porque é disso que eu tinha medo. Vai mostrar que sou forte o suficiente para reconhecer quando preciso de uma mãozinha. E, cá entre nós, admitir que se tem um problema por si só já é uma puta de uma atitude de quem é forte, né?

Aprendi que pedir ajuda é ser gentil comigo mesma. É tirar o peso da capa de uma pseudo-heroína e me permitir ser mais humana. É dar uma trégua aos ombros – pois eles pesam muito em alguns pontos dessa caminhada. É perceber que quando somos honestos com os que nos rodeiam e admitimos que há um problema, a ajuda chega até sem a gente pedir.

Pedir ajuda é reconhecer que apesar de sermos muito capazes de carregar aquele fardo nas costas, não há problema algum em fazer uma pausa no meio do caminho para pedir uma carona – ou aceitar quando alguém a oferece.

Eu continuarei sendo forte. Mas pode ser que eu ganhe mais colo. E colo nunca é demais, né?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s