Celebre o St. Patrick’s Day em Toronto 

O ano mal começou e está voando! Prova disso é que já estamos em março, o inverno já está acabando e o St. Patrick’s Day já está chegando! Para quem não sabe do que se trata, no ano passado escrevi um post explicando toda a história da tradição irlandesa que também é celebrada aqui em Toronto.

Se você está por aqui, pegue tudo que tiver a cor verde no seu armário e já deixe pronto para o fim de semana, afinal, essa é a cor do santo padroeiro da Irlanda. 



St. Patrick’s Day em 2013


Assim como no Halloween, por aqui o pessoal entra mesmo no clima da festa. Prepare-se para ver as figuras mais exóticas e engraçadas e entre na tradição. 



Foto: Pinterest

Como não é feriado na cidade, muitos celebram a data no sábado. O ponto alto da festa é a cerveja verde, servida pela maioria dos locais.

Foto: Visual Photo

Os bares e pubs da cidade, principalmente os Irish Pubs, que por sinal são muitos, já divulgaram a programação de festas que começam no final da semana e só terminam na terça-feira (17/03), data em que o São Patrício é celebrado.

Foto: Toronto Observer
Foto: Toronto Observer

No domingo (15/03) ao meio-dia acontece a tradicional St. Patrick’s Parade. O desfile sai do Varsity Stadium, na Bloor Street bem próximo a St George Station e segue para a Nathan Philips Square,  no centro da cidade.  Os organizadores do evento sugerem que o público leve um kg de alimento não perecível, que depois será doado a uma instituição filantrópica. Apesar de não ser obrigatório, o gesto é uma ótima oportunidade de unir diversão com fazer o bem ao próximo! 🙂

Onde comemorar: 

A festa no Madison Pub começa no sábado. Porém, a grande comemoração acontece na terça, quando o famoso pub abre para os festejos a partir das 11 da manhã.  O local é um dos preferidos dos estudantes internacionais e fica lotado durante os festejos. CAD$25 cada dia. 

Grace O’Malley’s promove a festa St Patricks Day Extravaganza na terça-feira (17) a partir do meio dia. Assim como o Madison, o bar irlandês fica sempre cheio. CAD$20.

Irish Embassy Pub é o bar irlandês mais famoso de Toronto. Portanto, a festa rola durante todo o final de semana e também na terça-feira. Sugiro chegar cedo para não enfrentar filas enormes. O local oferece música ao vivo e abrirá das 11am às 2am. Valores não informados.

Do mesmo grupo que gerencia o Irish Embassy, o P. J. O’Brien também celebra a tradição de sábado a domingo. Os dois locais vão oferecer apresentações de danças típicas irlandesas. Valores não informados.

A cervejaria Steam Whistle já parece celebrar o St. Patrick’s Day durante o ano inteiro, com suas latinhas verdes bem chamativas. Neste sábado eles organizam uma festa super badalada a partir das 13h. Tickets CAD$20.  No domingo às 10:30am acontece a tradicional Achilles St. Patrick’s Day 5K Run/Walk, uma corrida de rua que ocorre há 16 anos com a finalidade de arrecadar fundos para a ONG Achilles Canada. A largada será em frente à cervejaria. Valor CAD$ 50.

House Party

Uma ótima opção para quem não quer enfrentar filas e gastar muito dinheiro, mas ainda quer reunir os amigos e comemorar a data é organizar uma house party!

Foto: Pinterest

Vá até a Dollarama mais próxima, gaste pouco e compre muitos apetrechos para decorar e distribuir pros amigos.

Foto: Pinterest

Teste receitinhas com ingredientes verdes e use corante para colorir aperitivos simples como pipoca, cupcakes, patês!  Use a sua criatividade!

🙂

Anúncios

Feriado prolongado no Canadá: Labour Day!

IMG_5765.JPG

Nesta segunda-feira (2/09) será feriado em função do Labour Day ou Dia do Trabalho, como chamamos no Brasil. É um feriado nacional e como já havia dito aqui antes, um dos motivos que me faz amar ainda mais o Canadá é que a maioria dos feriados cai nas segundas-feiras, com exceção do Canada Day, celebrado sempre em 1 de julho, independente do dia da semana.
Dei uma pesquisada na internet para saber um pouco mais sobre o Labour Day no Canadá e descobri que a primeira comemoração ocorreu em 1972 com desfiles em Ottawa, capital do Canadá, e Toronto. A primeira segunda-feira do mês de setembro, então, ficou instituída como o dia dos trabalhadores, para que estes reivindicassem melhorias nas condições de trabalho.
Um fato curioso é que ainda que no calendário o verão termine em 20 de setembro, o feriado do dia do trabalho
marca oficialmente não só no Canadá, mas também nos Eua, o fim das férias de verão e o retorno às aulas nas instituições de ensino dos dois países.
As minhas aulas no curso de marketing começam na próxima terça-feira, logo após o feriado. Estou super empolgada! Será bem cansativo, já que irei conciliar as aulas com o trabalho. Mas vou tirar de letra, como já fiz em outras vezes! 🙂
Por conta disso, resolvi viajar neste feriado para voltar renovada e iniciar este novo desafio. Chamei a minha amiga Flor e, sem muito planejamento, cá estamos a caminho de Montreal (sim, estou escrevendo o post no ônibus enquanto ela tira um sono de princesa ao meu lado).
Não será a minha primeira vez na cidade, já que fui em outubro do ano passado com a minha irmã e me apaixonei!
Farei um post com todas as dicas – e muitas fotos – quando retornarmos, mas queria deixar aqui algumas opções do que fazer para aqueles que irão passar o long weekend em Toronto.

Fan Expo Canada

IMG_5769.JPG
Prepare-se para ver pelas ruas de Toronto milhares de pessoas caracterizadas dos mais diversos personagens de histórias em quadrinhos, video-games, filmes de ficção científica, animes, e outros relacionados. Começa hoje no Metro Toronto Convention Centre e vai até domingo o evento Fan Expo Canadá, que pretende reunir cerca de 120 mil fãs dos gêneros. Informações sobre tickets e horários no site. A foto foi tirada hoje pela Ester Kataota, que foi conferir o evento!

CNE
IMG_5768-3.JPG
Este ano fui à CNE – Canadian National Exhibition pela primeira vez. Amei!!! O evento começou no último dia 15 e termina no próximo domingo, 1 de setembro, no Exhibition Place. Se você ainda não foi, ainda dá tempo de curtir todas as atrações que a feira reserva. A CNE é um paraíso para quem curte parques de diversões e cassinos. Prepare-se para sair de lá com, no mínimo, um ursinho de pelúcia! Hahaha
O evento fecha com chave de ouro neste final de semana e apresenta entre os dias 30/08 e 01/09 o famoso Canadian International Air Show, um dos maiores shows aéreos da América do Norte. Maiores informações no site.

Cirque du Soleil

IMG_5767-0.JPG
Começa hoje em Toronto e vai até o dia 26 de outubro o novo show da companhia circense mais famosa do mundo. Intitulado Kurios – Cabinet of Curiosities o novo show, segundo as críticas, marca o retorno das grandes apresentações do Cirque du Soleil após alguns anos de fracasso. Bom, eu já assisti a dois espetáculos do Cirque e não vi nenhum defeito. Mas, se eles dizem
que está ainda melhor, é mais um motivo pra gente morrer de vontade de ir, não é? Informações e tickets no site oficial.
A foto eu retirei da internet!

Pedestrian Sundays in Kensington Market

IMG_5766.JPG
De maio a outubro, sempre no último domingo do mês, as ruas do Kensington Market ficam bloqueadas para automóveis, sendo permitida apenas a passagem de pedestres. Se você estará de bobeira e procura alguma atração sem custo algum para este domingo, não deixe de ir! Como falei aqui num post recente, a área é uma das minhas favoritas em Toronto. Visite o site para conferir a programação deste domingo.

Estes são os eventos que consegui achar, mas tenho certeza que muitas outras coisas irão acontecer neste fim de semana, não só por ser um long weekend mas porque no verão a cidade nunca para! Bares, restaurantes e baladas na King Street e na Queen Street; piqueniques no High Park e Trinity Bellwoods Park; pegar um bronze com os amigos em uma das praias mais próximas (Cherry Beach, Woodbine e Sunnyside); andar na beira do lago no Harbourfront; passar o dia na Toronto Island… Ih, gente… Vou passar o dia inteiro dando dicas do que fazer na cidade. Tá na hora de terminar o post, porque a bela adormecida que está aqui ao meu lado acabou de acordar e não para de falar um minuto!!! Hahahaha
Aproveitem MUITO o final de semana!

🙂

Comida brasileira, sorvete e parque: um domingo perfeito!

O verão já está quase acabando e eu tenho tentado curtir ao máximo cada raio de sol que ainda resta (olha o drama!).
Eu não caio de amores por domingo. Pra ser bem sincera, eu odeio domingo. Mas hoje o dia amanheceu lindo, um solzão do tipo que te convida a tirar a bunda do sofá e aproveitar o dia ao ar livre. E foi justamente o que eu e a minha roommate Flor fizemos!
Então, ao invés de escrever um post sobre alguma área específica ou restaurante em Toronto, vou contar um pouco sobre as nossas escolhas para curtir o dia de hoje!
Já fazia algum tempo que eu não almoçava em um restaurante de comida brasileira aqui em Toronto. Como estou sempre cozinhando em casa, não sinto falta de muitas coisas. Hoje eu acordei desejando comer carne (não sou vegetariana mas quase nunca compro carne pra fazer em casa) então resolvi ir ao Rio 40 graus que fica pertinho da rua em que moro, mas que eu raramente frequento.
O lugar está sempre cheio nos finais de semana, porém, não é difícil conseguir uma mesa. O serviço é sempre muito bom, mesmo quando o restaurante está lotado. O público quase sempre é só de brasileiros e portugueses, mas frequentado por canadenses também. A comida é boa (peço sempre a picanha com arroz, feijão, farofa e mandioca por $20) e, apesar do preço ser um pouco salgado, as porções são super bem servidas! Vale a pena!
A Flor estava comigo, mas não almoçou lá, por isso só deu pra tirar a foto do meu prato.

IMG_5581.JPG

IMG_5678.JPG

Logo após o almoço chamei a Flor para ir comigo numa loja na Ossington Ave., pois eu tava louca para comprar uma camiseta que tem a palavra “Turonno” na frente, fazendo graça da maneira como os canadenses pronunciam Toronto. Enfim, agora eu tenho a minha também, viu Ester? Hahaha

IMG_5679.JPG

O que aconteceu no caminho até a loja foi o que mais me deixou feliz no dia de hoje. Quem me conhece sabe da minha PAIXÃO por sorvete. Eu não sou fã de nenhuma outra sobremesa, mas basta colocar um pote de sorvete na minha frente e eu sou capaz de acabar com ele em uma horinha.
Passamos por uma fila gigante e eu curiosa que sou perguntei logo o que estava acontecendo. Quando a moça disse: “É UMA SORVETERIA” a Flor já sabia o que isso significava. E lá foi ela (que também adora um sorvete) esperar comigo na fila de um pouco mais de meia hora. O lugar se chama Bang Bang Ice Cream and Bakery (93, Ossington Ave), mas deveria se chamar “PARAÍSO”. Gente, eu já havia ouvido falar sobre os sanduíches de sorvete de lá, mas nem sei porque não dei muita importância. O local abriu no início do verão e é simplesmente fantástico!!!! As filas são sempre gigantes, isso eu confirmei com algumas pessoas que estavam lá. Não há mesas, apenas alguns banquinhos na calçada. Mas a espera é recompensada.

IMG_5680.JPG

Cookies, waffles, donuts, macaroons… Você escolhe como montar o seu sanduíche. A boa notícia é que eles têm várias opções dairy-free. Os sabores mais pedidos são london fog – nome dado a um drink feito de chá preto com leite e baunilha- , muito popular aqui no Canadá; burnt toffee que tem sabor de marshmallow torrado e raspberry. Escolhi este último e, pra acompanhar, um donut recheado com hazelnut. O resultado foi este:

IMG_5631.JPG

IMG_5632.JPG

A Flor escolheu o cone de waffle com sorvete de banana…

IMG_5633.JPG

APROVADOS!!! Voltarei lá antes que eu seja capaz de queimar todas as calorias que ganhei hoje! Hahaha

E logo após a nossa fantástica experiência gastronômica, decidimos caminhar em direção à Queen Street e aproveitar o final da tarde. Paramos no Trinity Belwoods Park localizado entre a Queen St e a Dundas e um dos meus parques favoritos aqui em Toronto.
Como em todos os fins de semana de verão, o parque estava bem cheio. Diferentes tribos se espalhavam pelo gramado, fazendo piqueniques, tocando e cantando músicas, cachorros, crianças, enfim, um mix de gente que gosta de aproveitar dias de sol.

IMG_5670.JPG
Avistamos um grupo de pessoas que praticava slackline, um dos nossos mais recentes vícios, ainda que eu seja péeeeeessima. Nos aproximamos e descobrimos que grande parte do grupo era formada por brasileiros. E foi aquela festa. Passamos horas batendo papo com o pessoal e nem percebemos que já passava das 7pm quando decidimos voltar pra casa. O tempo passou voando.

Brasileiros e canadenses

IMG_5639.JPG

Ken praticando slackline

IMG_5682.JPG

Este foi, sem dúvidas alguma, um domingo sensacional! E é justamente isto que mais amo em Toronto: você vai sempre achar uma forma de se divertir e se surpreender, mesmo sem gastar muito dinheiro ou precisar planejar com antecedência. Basta deixar a preguiça de lado, tirar a bunda do sofá e explorar o que existe lá fora.

🙂

Saint Patrick’s Day no Canadá

Oláaaa!

Para quem mora no Canadá ou em outros países de língua inglesa, ontem foi o dia de ver as ruas “pintadas” de verde! Pessoas vestidas de verde, com sapatos, chapéus e outros acessórios na mesma tonalidade. Tudo isto em homenagem ao Saint Patrick’s Day, ou dia de São Patrício, padroeiro da Irlanda, que tinha como missão pregar o cristianismo na região.
Apesar de ser uma celebração criada pelos irlandeses, Saint Patrick é provavelmente o mais comemorado no mundo, entre os outros dias de santos.
O primeiro festival para celebrar o santo ocorreu em 17 de março de 1996, na Irlanda. Dez anos depois, o evento passou a durar 5 dias.
Nesta data, durante o dia, irlandeses saem às ruas realizando apresentações artísticas e shows de acrobacia. À noite os jovens lotam os pubs que servem o famoso chopp verde (a coloração é feita com um corante alimentício sabor menta), criado especialmente para as comemorações.
Em Toronto as festividades também são bem animadas. E nem mesmo o fato da data cair numa segunda-feira impede os canadenses de encherem os pubs espalhados pela cidade.

20140318-220912.jpg
Green beer

20140318-220948.jpg
Comemorando em 2013 com Mateus, Mayanna e Georgina

20140318-221147.jpg Foto de ontem, no pub irlandês Pauper’s

Lugares para se comemorar o Saint Patrick’s Day em Toronto não faltam. Não só os pubs irlandeses da cidade, como também diversos bares e restaurantes oferecem programações especiais para a data. Para os que têm pique e não perdem uma balada, as festas já começam na sexta-feira. Alguns grandes eventos vendem tickets online e devem ser comprados com antecedência. Já nos bares e pubs com acesso livre é preciso chegar cedo, já que ficam lotados bem rápido. Então, a dica para quem tá chegando na cidade e vai estar aqui no próximo ano é: fiquem atentos às programações e não deixe de entrar no espírito da festa!

😊

Até logo!

Aritta

Toronto Islands: diversão em meio à natureza

Na última sexta-feira fui pela terceira vez à Centre Island, um dos lugares que mais gosto de visitar durante o verão. O dia estava super quente, afinal, o verão oficialmente já começou (ebaaaa!).
Saímos de Toronto por volta da 1pm e como o sol se põe depois das 9pm a partir de agora, não é preciso se preocupar em ir muito cedo, já que dá para aproveitar bastante mesmo indo no começo da tarde.
Para se chegar às Ilhas de Toronto, ou Toronto Islands, é preciso pegar o ferry que sai da Harbourfront, pertinho da Union Station. O valor da ida e volta é $7,00 e, se não me engano, eles saem de meia em meia hora. Os horários podem ser encontrados aqui.
O trajeto dura uma média de 10 minutos e a vista é incrível. Tente sentar na parte mais alta do ferry e aproveite para fotografar a cidade. As filas para a travessia geralmente são enormes, pois além de turistas, os moradores também fazem o trajeto todos os dias.

20130624-223330.jpg Ferry durante a travessia

As ilhas ocupam uma área de 230 hectares, sendo a principal a Centre Island, considerada uma das melhores praias de Toronto.
Apesar de ser enorme, você pode explorar o local a pé ou de bicicleta. Carros não são permitidos e lá você pode encontrar bicicletas individuais ou de dois assentos para alugar.

20130624-223836.jpg

20130624-230111.jpg
Praia
Uma boa ideia é juntar um grupo de amigos e organizar um piquenique ou churrasco. Mais uma dica: caso queira ir num dia mais tranquilo, vá durante a semana, pois nos finais de semana estará sempre cheio!
Além da praia, a Centre Island oferece diversas opções de diversão. Alugue um caiaque ou canoa com os amigos (a canoa para três pessoas custa $26 a hora) e explore a natureza do local pelo lago.

20130624-224223.jpg Passeio de Canoa

20130624-224412.jpg
Vista da cidade

Se você não levar comidas ou bebidas, não se preocupe, lá você encontra bares e restaurantes.
Não deixe de visitar a Far Enough Farm, uma fazendinha com diversos animais e o Centreville Park, um parque de diversões infantil com diversas atracões como roda-gigante, trenzinho e passeio de pônei.
Um pouco mais afastado da Centre Island fica o Hanlan’s Point, com uma praia de nudismo. Mas não se assuste, o uso de roupas é opcional e você pode matar a sua curiosidade e visitar o local mesmo se estiver completamente vestido. Lá você vai encontrar o Gibraltar Point Lighthouse, o farol mais antigo de Toronto.

20130624-225139.jpg Praia

Para aproveitar todas as atracões que o local oferece, pegue um dos mapas distribuidos logo na chegada e explore ao máximo cada cantinho. Você pode ficar na ilha até por volta das 11pm, quando o último ferry retorna à cidade.

Mais fotos do meu passeio:

20130624-230010.jpg

20130624-230040.jpg

20130624-235305.jpg

🙂

Melhores bares e restaurantes para ir durante a Primavera e Verão em Toronto

Em um dos meus últimos posts falei sobre como a cidade fica linda durante a Primavera. É nessa época que os moradores e turistas procuram pelos bares e restaurantes que oferecem pátios ao ar livre.
É incrível como a gente consegue perceber a mudança (para melhor, é claro) no humor das pessoas quando a temperatura sobe. As ruas ficam movimentadas e os parques durante os finais de semana estão sempre cheios. Mas o que mais chama atenção é o movimento nos bares e restaurantes da cidade. Todo mundo quer achar um lugar legal para aproveitar o clima quente com os amigos. Do horário em que começam a servir o breakfast ao horário em que fecham (por volta das 2) os estabelecimentos com pátio estão sempre bombando!
Por isso, na hora de combinar algum programa, não deixe de pesquisar se o local tem mesas ao ar livre.

Aqui vai uma lista dos meus locais preferidos:

Bier Markt
20130604-021433.jpg

Sabe aquele lugar perfeito para um happy hour que pode se estender até o final da noite? Esse é o local ideal. Com quatro localidades diferentes, o Bier Markt oferece uma grande variedade de cervejas nacionais e importadas para nenhum cervejeiro botar defeito. Já visitei as filiais da Esplanade e da King Street e adoro os dois. Os pátios são de tamanho razoável e o público geralmente está na faixa dos 25 aos 45. O cardápio é super elaborado (a poutine é uma delícia!!!), os preços estão na média dos estabelecimentos de mesmo nível e a casa ainda oferece DJ e música ao vivo nos finais de semana com bandas que tocam pop-rock. O clima de paquera rola solto. O melhor: não cobra couvert.

Future Bakery & Coffee

20130605-213913.jpg
Um lugar super descolado e bem simples, localizado na Spadina and Bloor, reduto dos hipsters da cidade. Aqui você pode vir a qualquer hora do dia. Eles abrem às 7:30 e só fecham às 2h. O cardápio, apesar de não oferecer muitas variedades, tem um preço super bacana e os pratos são bem servidos (o que geralmente já acontece por aqui).
Caso vá para o breakfast sugiro o homelete de queijo e presunto, acompanhado de torradas e salada de frutas. Se a intenção for almoçar, gosto bastante do chicken schnitzel acompanhado de salada verde e purê de batatas. Já no jantar, o sanduiche de chicken parmeson é suficiente para duas pessoas! Ou para os mais lights, eles oferecem saladas e sopas.
O legal é que você também vai encontrar uma variedade incrível de tortas e cookies no café que fica dentro do restaurante. Ponto fraco: pagamento somente com dinheiro ou cartão de crédito.

Trattoria Nervosa

20130605-215523.jpg

Um lugar aconchegante na área preferida pelos que adoram fazer compras: Yorkville. O bairro reúne lojas de grandes marcas, como Louis Vuitton, Gucci, Prada, Cartier e muitas outras. E como não poderia ser diferente, bons restaurantes e bares fazem parte das atrações do local favorito daqueles que não abrem mão de um programa sofisticado de vez em quando.
A Trattoria Nervosa é uma ótima pedida para os amantes da culinária italiana. Apesar de não ser tão grande, o local tem uma decoração super charmosa e um cardápio de dar água na boca. As pizzas são individuais, porém, enormes! Não tenho uma preferida, pois todas que provei até agora estavam deliciosas.
Se você não é fã de cerveja e gosta de drinks mais refrecantes, não deixe de provar a Sangria. O preço é um pouco salgado, mas o vinho usado no preparo, misturado com morango, blueberry e outras frutas dá um sabor maravilhoso!

20130605-221818.jpg
Um jantar romântico ou uma ocasião especial cabem certinho aqui. Como o restaurante fica em uma área badalada, muitas vezes há fila de espera. Mas os 10, 15 minutinhos aguardando por uma mesa vão valer a pena!

Scallywags

Quem chega a Toronto não demora muito para perceber que, se no Brasil amamos o futebol, aqui o clima na cidade muda em dias de jogos de Hockey ou Baseball. O canadense vibra pelos esportes mais famosos do país e os bares que transmitem os jogos ficam lotados. Portanto, durante a sua passagem pela cidade, não deixe de entrar no clima e procure um local bacana para acompanhar os campeonatos. Mesmo que você, assim como eu, fique sem entender coisa alguma do que está acontecendo na telinha da Tv! O que vale é a diversão.
Um dos bares mais procurados pelos torcedores é o Scallywags. O local tem 3 andares e funciona das 11am às 2am.
É um clássico pub canadense que oferece uma grande variedade de cervejas on tap servidas no copo ou na jarra, bem ao estilo daqui.
Junte o seu grupo de amigos, vista uma camiseta azul, e se prepare para torcer para o Toronto Maple Leafs (hockey) ou para o Blue Jays (baseball).

Bom, existem muitos outros locais legais em Toronto, mas o post ficaria imenso e cansativo. Então, depois irei escrever novamente com mais dicas do que visitar por aqui durante a primavera e o verão.

🙂

Retrospectiva do sumiço

Quase dois meses sem escrever no blog. E as pessoas me perguntando o que havia acontecido, onde estavam os meus textos… A verdade é que uma série de motivos me fizeram deixar o blog de lado. Logo após o Natal a minha irmã passou alguns dias aqui e juntas aproveitamos todos os momentos da sua rápida estadia. Depois que ela viajou eu precisei organizar a documentação para a extensão do meu visto (sim, mês que vem completa um ano e sim, eu vou extender para mais um ano!) e se tem algo que me tira o humor é toda essa burocracia de consulado e etc.

Logo em seguida, o Marc, meu namorado, me fez uma viagem de fim de semana surpresa em comemoração ao dia dos namorados e ao meu aniversário, que aqui caem no mesmo dia – 14 de fevereiro. Como ele estava trabalhando demais na semana do meu niver e nao pudemos comemorar, ele resolveu adiantar o presente. Fomos patinar na maior pista de patinação no gelo do mundo, que fica em Ottawa, há 5 horas de Toronto. E foi a coisa mais linda!!! =)

E ai, logo após a felicidade de ter a minha irmã aqui, a surpresa linda do namorado, documentação reunida, me vi em meio a uma tristeza que eu não sabia explicar. Alguns disseram que era o inferno astral que antecipa o aniversário. Mas como não sou muito íntima dos astros, não sei se esta foi a razão. De repente eu, que nunca fui de pensar negativo ou me deixar abater, passei duas semanas chorando quase que diariamente. Não era saudade, não era o inverno frio que me impede de aproveitar o mundo la fora, não era o Carnaval que acontecia no Brasil e que eu jamais havia perdido. Descobri que era medo do futuro. Medo das minhas decisões e do preço que pagaria pelas minhas escolhas. Comecei a pensar que não teria tempo para conquistar tudo que quero e numa loucura ainda maior, chorava por achar que ainda não havia conquistado nada na vida.

Mas como o mundo só me apresenta pessoas lindas – e as feias que me aparecem eu tiro apenas lições boas -, recebi todo o apoio do mundo dos meus dois mais novos irmãos da vida: Mateus e Mayanna. Eles dividem não só a casinha linda que achamos aqui em Toronto, mas seguraram a minha barra e foram os mais pacientes do mundo nas minhas noites de choro. Isso para não falar da minha best, que durante 40 minutos ouviu o meu choro no telefone, sem eu ao menos dar espaço para que ela também desabafasse. Dani, que de chefe se tornou amiga, com sua doçura e experiência de vida me mostrou que eu precisava desencanar. Um coração pesado só gera mais tristeza. Minha Paçoca, ah, essa tocou na minha ferida. E aí sim, eu lavei o rosto e engoli o choro.

E no dia do meu aniversário, ainda de cara inchada por tanto chorar na noite anterior, acordei com o coração tranquilo. Todas as dúvidas, tristezas e incertezas foram embora. Porque pessoas especiais fizeram com que eu me sentisse a mais amada do mundo. No final do dia eu liguei para falar com a minha vó. E então ela me perguntou se eu estava feliz. Eu respondi que sim. E ela me disse: – Tenha paciência e fé. Todo começo é difícil e você é inteligente para ir atrás. Não ligue para as críticas.
E eu voltei a acreditar que na vida tudo tem um propósito. Se estou aqui é porque o meu aprendizado é aqui. E se um dia – seja daqui a alguns meses ou anos – eu houver de voltar, é porque aqui já me foi ensinado o que eu havia de aprender.

Basta ter fé e paciência, não é vó?

Abaixo algumas fotos das comemorações:

20130218-193016.jpg
Bolinho de sorvete surpresa que o Marc me deu durante jantar no nosso restaurante mexicano predileto.

20130218-193225.jpg
Comemorando com patinação no gelo em Ottawa

20130218-193332.jpg
May e Teu fizeram festa surpresa em casa!

20130218-193423.jpg
Com coroa, cupcake e velinha! 🙂

20130218-193533.jpg
Jantar, cerveja e movie com Vita, a amiga russa mais fofa do mundo!

20130218-193822.jpg
E comemorando com vinho e risadas com as amigas do trabalho

Enfim, um aniversário mais do que especial!!!!!!!